ALIMENTOS FUNCIONAIS E CÂNCER DE MAMA

21/03/2014

O câncer de mama é resultado de acúmulos de alterações genéticas, algumas adquiridas outras herdadas, resultando no aparecimento de tumores.
Diversos agentes ambientais causam anormalidades genéticas como vírus, substâncias químicas, radiação e dieta.
Os alimentos e ingredientes funcionais, podem atuar em algumas áreas do
organismo: no sistema gastrointestinal, no sistema cardiovascular, no metabolismo de substratos, no crescimento, no desenvolvimento e diferenciação celular no comportamento das funções fisiológicas e como antioxidantes.

*Ômega 3:
Atualmente o desequilíbrio na ingestão de ácidos graxos ômega 6 e ômega 3, contribuem para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, inflamações e câncer que são responsáveis por mais de 80% das doenças relacionadas à mortalidade nos Estados Unidos.

*As Fibras:
Conforme literatura, a gordura animal é fator de risco para o desenvolvimento de câncer de mama, principalmente quando consumidos na infância e adolescência enquanto que a dieta rica em fibras constitui um fator de proteção.

*Alho:
Componentes enxofrados do alho ( Allium sativum), como alil e lipídeos solúveis são eficazes no bloqueio de uma variedade de tumores induzidos quimicamente.
No âmbito da proteção a partir destes compostos, provavelmente refere-se a um bloqueio no metabolismo das nitrosaminas que podem provocar o câncer.

*Gengibre:
O gengibre ( Zingiber officinales)é um dos condimentos mais freqüentemente con-sumido por todo mundo.Por possuir vários compostos bioativos entre estes, o gengibre contém o gingerol que possui numerosas atividades fármacológicas e fisiológicas interessantes, tais como efeitos anti-inflamatórios, hepatoprotetor e cardiotônicos.No entanto, os efeitos de gingerol sobre os processos metastáticos do câncer de mama são interessantes, pois, os trabalhos mostram que o gingerol inibiu a adesão celular, invasão, motilidade e atividades nas células cancerosas mamárias.

*Resveratrol:
O resveratrol, derivado de estilbeno, que existe em vários alimentos e bebidas, tem atraído atenção ao longo da última década por causa de suas
múltiplas propriedades benéficas, incluindo atividades quimiopreventivas
e antitumorais.


*Chá verde:
A epigalo-catequina-galato(EGCG), presente no chá verde é uma importante catequinas na na terapia do câncer de mama.Para elucidar os mecanismos preventivos de câncer do chá verde, muitos pesquisadores se dedicam a investigar os efeitos anticâncerígenos da epigalo-catequina-3-galato, o principal componente do chá verde.Foi revelado que o EGCG restringe a carcinogênese em uma variedade de tecidos através da inibição ativada por proteínas quinases e fatores relacionados ao crescimento celular.


Fonte-Revista de Prática Ortomolecular-Edição 3-Ano 2013.
Artigo elaborado por:Dra Flávia Trindade Martins.